Um dia no bar da Universidade.

Sentada no bar da universidade, com tabaco, café e a bela da água fresca em cima da mesa... espero (não desespero) por mais uma aulinha...sim faço quilómetros para ter 1h30 de aula... vale a pena o esforço. Neste momento tempo é coisa que não me falta, para estudar (o necessário!!), ler, sair, escrever, fazer tudooooo o que gosto(e que menos gosto)!!

De dia para dia sinto-me mais confiante, para andar, digo isto porque “antes” de 28 de Fev. sempre que entrava em locais com mais gente as pernas tremiam, as mãos suavam, o corpo gelava com uma sensação estranha... Hoje em dia o mesmo já não se passa, noto que quando entro por exemplo no bar da universidade, que está sempre cheio de gente, as pernas já não tremem nem o corpo gela, não tenho mais sensações estranhas. Entro vejo se está alguém conhecido (o que é raro já que este ano a minha turma para mim é uma estranha!) peço o que tenho a pedir, estico a cabeça e dirijo-me para uma mesa, de preferência vazia, que nisso de me sentar com outras pessoas ainda sou um tanto ou quanto envergonhada.

Como vou sempre com tempo para a universidade, dá sempre para reler a matéria dada e fazer uns trabalhinhos que deixei pendentes, escrever estes textos e estar atenta ao que me rodeia, as conversas, as pessoas...hoje sinceramente não entendi nadinha... estavam a falar em criôlo...e não compreendo!

Passo pelo menos 1 hora do meu dia rodeada de pessoas que não conheço de lado nenhum e ao mesmo tempo completamente sozinha, passo 1 hora do meu dia a admirar pessoas, a ver os comportamentos, os seus jeitos, a sua maneira de falar, as suas maneiras de estarem, os seus estilos que por acaso são todos iguais, somos todos standard. Por vezes o barulho é ensurdecedor e perco toda a concentração no que faço, mas e neste momento que olho em volta e concentro-me nas pessoas.

Vivo muito todos os momentos, para poder ver o viver e o conviver de toda a gente, é com ela que aprendo muito, é com esta gente toda que deixei de ter medo de as enfrentar e passei a ganhar confiança... no entanto sinto-me uma formiguinha pequenina, pequenina!!


0 comentário(s)..FALTA O TEU !!:

Traduz-me!!!

Vale a pena ajudar...

Vale a pena ajudar...
Carrega na imagem

How I feel today...

How I feel today...

Tem horas que me diga?!

Fãns!!!


Recortar pelo picotado!